Artigos > O que é o Branqueamento Dentário? Para que serve, como se faz?

O que é o Branqueamento Dentário? Para que serve, como se faz?

O branqueamento dentário é um tratamento dentário que tem como objetivo branquear a superfície mais externa do dente para melhorar a estética do seu sorriso.

O que é o Branqueamento Dentário? Para que serve, como se faz?

O que é o Branqueamento Dentário? Para que serve, como se faz?

Se tem dúvidas sobre o Branqueamento Dentário, conheça um pouco mais sobre este tratamento dentário.

O branqueamento dentário é um tratamento dentário estético que tem como objetivo branquear a superfície mais externa do dente, de forma a melhorar a estética do seu sorriso. Para isso, o procedimento garante a realização das medidas necessárias para que os seus dentes fiquem brancos. Esta intervenção dentária deve ser sempre realizada por profissionais de forma a fazerem um diagnóstico correto e selecionar a técnica mais adequada para cada sorriso. No Centro Médico Dentário, temos uma taxa de sucesso de 90%.

Que maneiras existem de fazer o branqueamento?

É necessária uma consulta inicial de avaliação geral, para analisar vários critérios (que são variáveis entre pacientes) e que requerem conhecimento médico e decisões profissionais para o tratamento.

  • A cor inicial do esmalte

  • O objetivo pretendido

  • A disponibilidade do paciente

  • Os hábitos alimentares

  • Os hábitos tabágicos

nota: deve-se ter em conta que o branqueamento dentário não é definitivo e que a sua duração varia de paciente para paciente.

 

Quais são as opções de tratamento para Branqueamento?

  1. Branqueamento em casa (ambulatório) controlado

  2. Branqueamento over-the-counter

  3. Produtos à venda nas farmácias e centros comerciais sem evidências de segurança e efetividade

  4. Branqueamento em consultório

(Por norma inicia-se o branqueamento em consultório, uma sessão. Realiza-se um molde de forma a conseguir-se reproduzir uma moldeira de uso noturno em casa.  Na consulta seguinte, o paciente sai da consulta com o produto branqueador e uma moleira, aplica-se durante cerca 3 semanas o gel branqueador - em casa de forma controlada - e com consultas regulares ao dentista.)

Branqueamento Dentário de Paciente do Centro Médico Dentário

Como se faz?

Colocar na goteira pequenas gotas na zona dos dentes a branquear. É importante referir que o gel atua por difusão, não por contacto, assim não é vantajoso aplicar mais quantidade de gel .
Começar com períodos de 2 horas por noite e gradualmente aumentar o tempo noturno de goteira durante os 7 dias precedentes à consulta de reavaliação.
É importante relatar qualquer alteração sentida nos dentes e nas gengivas.

Quantas consultas são necessárias?

Usualmente, entre 3 a 4 consultas no dentista: uma consulta de avaliação e confecção dos moldes para moldeiras; uma consulta de branqueamento em consultório e 2/3 consultas - com uma semana de intervalo - para controlo do branqueamento feito em casa.

O Branqueamento pode danificar os dentes?

Não danifica os dentes. O branqueamento atua modificando a estrutura do esmalte e dentina, não a danificando. Ao contrário das pastas branqueadoras, o branqueamento controlado não atua por desgaste do esmalte dentário mas através de uma reação química inofensiva para os seus dentes.

nota: o O agente branqueador em contacto com a saliva e com o dente forma radicais livres. Estes radicais livres atuam diretamente nessas moléculas, quebrando as ligações que têm e Transformando-se em ligações mais pequenas. Assim, aumenta a taxa de reflexão de luz e diminui a de absorção, clareando o dente.)

Cria mais sensibilidade? o Uso do Flúor ajuda ? É doloroso?

O aumento de sensibilidade ao frio e ao quente é o efeito secundário mais relevante. Em pessoas já com alguma sensibilidade, é aconselhado uma consulta prévia de controlo e “tratamento” da mesma.

O esperado é alguma sensibilidade após o branqueamento e uma diminuição à medida que as semanas avançam. Assim percebe-se a importância de não efetuar o branqueamento com produtos da farmácia sem vigilância médica.  É muito importante neste tipo de tratamento ser vigiado pelo médico dentista de forma a controlar a sensibilidade e dar conforto ao paciente.

Sim, o uso de flúor pode ajudar a reduzir a sensibilidade durante o branqueamento sem afetar a eficácia do mesmo.
Não é doloroso. Poderá sentir alguma sensibilidade dentária  após o tratamento, sempre de forma controlada.

Com que idade se pode ou é aconselhado fazer?

Só se pode fazer branqueamentos dentários após a idade adulta, quando já existe maturação completa das estruturas dentárias. Antes, não é de todo recomendável.

As restaurações ou coroas já existentes / antigos branqueiam?

Não. Pessoas com restaurações ou coroas têm de ter atenção especial, uma vez que o branqueamento só atua em dente natural. Nestes casos, caso se queira avançar com branqueamento poderá ser necessário a substituição das coroas e/ou restaurações anteriores.

Durante quanto tempo se mantém o efeito do branqueamento?

A duração do branqueamento varia de paciente para paciente. Depende não só da higiene oral, como também de hábitos alimentares, tabaco, consumo de bebidas com pigmento (vinho tinto, café, chá). Há situações que se prevê um retratamento anual outras que o branqueamento se aguenta alguns anos.

Importante: caso existam cáries ou gengivite (inflamação nas gengival, sangramento gengival), o branqueamento só deverá ser feito após tratamento destas doenças.


Dra. Catarina Reis

Marcação de Consulta em Implantes Dentários
30 anos de experiência ao seu dispor

Devolvemos-lhe a alegria de sorrir novamente!

Marcar Consulta Ligue 229 376 497

Agende uma consulta online de forma simples e rápida!

Urgências Das 8H às 24h
Em ambiente hospitalar no Hospital CUF e Instituto CUF
Ligue 935 184 727 Ligue 935 184 727